Ser vegano numa casa de omnívoros

Pode revelar-se um desafio quando os outros membros do teu agregado familiar não seguem a mesma dieta e estilo de vida que tu. Mas não tem de ser um problema, e podemos continuar a viver harmoniosamente, mesmo quando as nossas dietas diferem. Aqui estão algumas maneiras de ajudar a explicar as tuas escolhas e agilizar as refeições em família.

Educar. Educar. Educar.

Nem toda a gente foi exposta aos benefícios para a saúde e aos argumentos convincentes da sustentabilidade de uma dieta livre de animais. E tudo bem. Todos temos que começar por algum lado! Antes de os ajudares a compreender, educa-te. Reúne factos e informações em websites como Million Dollar Vegan, Nutritionfacts.org e Veganuary, e acompanha influenciadores nas redes sociais como o Earthling Ed e a Genesis Butler. Ter uma reserva de factos e números pode ser útil quando se é confrontado com opiniões desafiadoras, e ajudará os outros a compreender porque é que decidiste ser vegano.

Preparar uma refeição vegana

Uma óptima maneira de chegar ao coração do teu companheiro de casa é através de um prato de comida deliciosa. Porque não preparar o melhor prato para a tua família ou amigos? Pode ser qualquer coisa, desde um caril de batata doce a um bolo de chocolate de cortar a respiração – o que quer que demonstre melhor as tuas capacidades e satisfaça as suas barrigas! Fá-lo com frequência e em breve dissiparás quaisquer receios que possam ter de que ser vegano significa privação!

Assistir a um documentário em grupo

Para mim, uma das melhores maneiras de ajudar os outros a entender o porquê de me ter tornado vegano é encorajá-los a assistir a um documentário vegano comigo. Prepara as pipocas em modo de espera e carrega no play em documentários como o Cowspiracy, Dominion ou What The Health.

Respeitar as escolhas dos outros

Embora seja inevitável que estejas apaixonado pela tua dieta vegana, deves também lembrar-te de respeitar a decisão da tua família de continuar a comer uma dieta omnívora. Cada um descobre o veganismo e compromete-se a mudar a sua dieta ao seu próprio ritmo e no seu próprio tempo. Sê encorajador e solidário e oferece aconselhamento quando solicitado. Porém, forçar as tuas opiniões sobre os outros pode ser uma maneira certa de os afastar.

Fazer trocas simples

Se não és o cozinheiro principal do teu agregado familiar omnívoro, há algumas dicas simples para te ajudar a conseguir a refeição que queres com o mínimo de confusão. E o mais fácil é fazer trocas simples. Se a família está a planear um assado de domingo, por exemplo, basta adicionar ao mesmo tempo uma empada vegana ou um assado de nozes no forno. As batatas assadas e os legumes servem para todos! Ou, em vez de hambúrgueres de carne, acrescenta um hambúrguer vegetariano, e em vez de polvilhar queijo (lácteo) sobre a massa, basta utilizar queijo vegano. Para refeições em que os produtos de origem animal são intrínsecos – como uma bolonhesa ou um empadão – pede ao cozinheiro para experimentar a mesma receita com soja granulada. Vai saber muito bem e todos poderão saboreá-la.

Descarrega o Kit

Foto de Court PratherUnsplash.

Adopta a dieta vegana durante a Quaresma

Descarrega o Kit