12 maneiras de salvar os nossos oceanos da poluição plástica

Os oceanos estão a ser atacados pela nossa constante e desenfreada poluição plástica e um relatório do World Economic Forum diz que “poderá existir mais plástico nos oceanos do que peixe até 2050”. O plástico descartado pelos seres humanos e através da actividade humana pode acabar no estômago de animais marinhos ou emaranhá-los, acabando por causar a sua morte angustiante e prematura. Todos os dias, aproximadamente 8 milhões de peças de plástico poluentes chegam aos nossos oceanos.

De acordo com o relatório, o uso de plásticos aumentou 20 vezes nos últimos 50 anos e, se não forem tomadas medidas para eliminá-los adequadamente, “os plásticos no oceano superarão, em peso, os peixes, até ao ano de 2050”. Enquanto alguns países como a Austrália e a Índia, e mesmo o Parlamento Europeu, proibiram ou procuram proibir os plásticos de utilização única, nós, enquanto consumidores responsáveis, podemos dar o nosso contributo para ajudar a reduzir a poluição causada pelos nossos padrões de consumo. Aqui estão doze maneiras de reduzir o teu impacto plástico:

1) Usa os teus próprios sacos reutilizáveis

Pic: Unsplash

Não compres sacos de plástico de utilização única no supermercado e nas caixas de outras lojas. Leva o teu saco de pano ou de papel. Sabias que mais de 100.000 animais marinhos são mortos anualmente por sacos de plástico?

2)  Utiliza a tua própria garrafa de água

Pic: Unsplash

Não compres água engarrafada. Leva sempre contigo as tuas garrafas reutilizáveis; a maioria dos restaurantes e cafés terão todo o gosto em deixar-te enchê-las gratuitamente. Os Estados Unidos, por si só, são responsáveis pela produção de mais de 60 milhões de garrafas plásticas de água por dia, a maioria das quais acaba em aterros sanitários e nos oceanos.

3) Utiliza a tua própria chávena de café

Pic: Pexels.com

Resiste ao impulso de levar o teu café num copo descartável. Leva a tua garrafa térmica ou canecas de viagem e algumas cadeias e cafés oferecer-te-ão um desconto. Embora sejam feitos de papel, os copos descartáveis são revestidos de plástico e a maioria não é reciclável. Só o Reino Unido é responsável por 2,5 mil milhões de copos por ano, e menos de um por cento são reciclados.

4) Troca as películas plásticas por invólucros reutilizáveis

Pic: Pexels.com

As películas aderentes não são recicláveis e acabam em aterros sanitários e oceanos. Muda para as muitas opções reutilizáveis e sustentáveis que vão desde papel pergaminho, lenços de papel, invólucros de algodão orgânico reutilizáveis, invólucros feitos de folhas, resina vegetal e por aí fora.

5) Usa molas de roupa de aço inoxidável

Pic: ContainerStore

Passar a utilizar molas de roupa de aço inoxidável. Ao contrário das suas equivalentes de plástico, estas são resistentes, duram mais tempo e podem ser recicladas. As molas de plástico quebram-se facilmente e podem acabar nos estômagos da fauna marinha.

6) Usa sacos reutilizáveis de conservação de alimentos

Pic Pexels.com

Em vez de agarrar nos sacos de alimentos de utilização única para as sobras, mudar para recipientes reutilizáveis. Dá um passo à frente e usa também os teus próprios recipientes para comida takeaway.

7) Passar a usar palhinhas de aço inoxidável ou bambu

Pic: Container Store

Só nos EUA são usadas mais de 500 milhões de palhinhas de plástico por dia e muitas delas acabam nos oceanos. Alguns países estão a proibir o uso de palhinhas de plástico, e tu podes ajudar o planeta ao mudares para e trazeres contigo as tuas próprias palhinhas de aço inoxidável ou de bambu.

8) Troca para escovas de dentes de bambu

Pic Bamboo India

Todos os anos, nos EUA, deita-se fora cerca de mil milhões de escovas de dentes! Para além de poderem prejudicar a vida dos oceanos, também podem contaminar a água com produtos químicos nocivos. Podes passar a utilizar uma de muitas opções amigas do ambiente, como escovas de dentes de bambu ou escovas de dentes de silicone sem petróleo, que requerem cabeças de substituição mínimas.

9)Usa os teus próprios sacos para comprar alimentos frescos

Pic: Pixabay.com

Tal como os restantes sacos de plástico de utilização única, os sacos de plástico finos e frágeis utilizados para ensacar os alimentos frescos são um grande poluente. É muito fácil passar a usar os teus próprios sacos reutilizáveis ou até mesmo levar uma pequena geladeira para o supermercado.

10) Pára de usar champôs, géis de banho e produtos de limpeza de rosto com microplásticos

Pic: Pixabay.com

Muitos dos champôs e géis corporais incluem com microplásticos que prometem uma esfoliação ou lavagem mais a fundo da pele. Os microplásticos também são podem ser extraídos aquando da lavagem de peças de vestuário sintéticas. A estimativa inicial de cinco milhões de milhões de peças (5.000.000.000.000.000.000) de plástico nos oceanos foi considerada uma subestimação brutal. Estes microplásticos entram na cadeia alimentar e acabam por envenenar todos os seres vivos. Livra-te deles e muda para champôs orgânicos, barras de sabão e peças de vestuário feitas de fibras naturais.

11) Deixa de fumar

Pic: Unsplash.com

Um estudo recente concluiu que as beatas de cigarro estão entre os maiores poluentes dos oceanos. Não só é prejudicial para a saúde – uma das principais causas de cancro da boca e do pulmão – como também é testado em animais. Precisas de mais razões para deixar de fumar?

12) Deixa de comer peixe

Pic: Tree Foundation, India

Uma enorme área de lixo flutuante no Oceano Pacífico com o dobro do tamanho da França é composta por milhões de milhões de pedaços de plástico. Embora pequenos fragmentos de plástico sejam os mais numerosos dentro desta área, quase metade do seu volume é composto por redes de pesca descartadas.

Sabias que a melhor maneira de ajudares o planeta e o oceano é ao tornares-te vegano? Descarrega o nosso Kit de Iniciação ao Veganismo para começar já.

 

Descarrega o Kit

Adopta a dieta vegana durante a Quaresma

Descarrega o Kit