O Veganismo É Mais Seguro

VEGANISM IS SAFER

É o 6º dia de nossa Celebração Especial do Dia Mundial do Veganismo e, hoje, vamos destacar as ações do mês no México, onde nossa gerente de campanha, Jessica Gonzalez Castro, fez um parceria com a Casa Animal Morelia e Traficando amor y robando sonrisas para atender duas comunidades em Michoacán, no oeste do país.

Comunidades isoladas

La Isla de Tzirio e Isla de las Rosas estão entre as comunidades mais remotas da região e ambas sofreram uma interrupção abrupta de suas atividades econômicas desde o início da pandemia. Como o transporte público também foi paralisado devido à menor atividade, as comunidades se encontram ainda mais isoladas.

Trabalhando juntos para um mundo mais seguro

A Traficando Amor y Robando Sonrisas, uma organização local, tem oferecido apoio, quando possível, com entregas de alimentos e roupas. Por isso temos o prazer de trabalhar com eles na distribuição de 500 pozoles (um guisado típico mexicano) à base de plantas com pan de muerto (pão de morto).

O Festival de Pozole é realizado em novembro nessa região, onde o tradicional guisado costuma ser preparado com carne de porco, carne de carneiro, camarão, frango e carne de rã. Mas a criação intensiva de porcos e galinhas está associada a um risco significativo de pandemia e já permitiu que vírus perigosos sofressem mutações e contaminassem seres humanos, incluindo o mortal H5N1. Assim, consumir alimentos à base de plantas é mais seguro para todos.

Trabalhando juntos para um futuro mais seguro

O colapso climático é outra ameaça grave que enfrentamos, sendo que todos os ramos da pecuária, incluindo a criação de camarão, têm um alto impacto negativo nesse cenário. As emissões de dióxido de carbono, óxido nitroso e metano pela pecuária contribuem desproporcionalmente para a mudança climática. Pesquisadores chegaram à conclusão de que alimentos de origem animal são piores para o planeta do que alimentos de origem vegetal.

Preservando as tradições

Como nossa equipe do México quer mostrar nesta ação, não é preciso abrir mão das tradições e de eventos culturais importantes quando optamos por uma alimentação à base de plantas. Com pequenas adaptações no que comemos, mantemos nossos costumes e ao mesmo tempo fazemos escolhas mais seguras para nós, para nossa família, para nossa comunidade e para o resto do mundo.

Descubra o veganismo

Experimente uma alimentação vegetal por 31 dias

Descubra o veganismo