Por que os veganos sempre impõem suas opiniões aos outros? Os veganos parecem fanáticos religiosos!

Seja qual for o motivo que leve alguém a se tornar vegano – a própria saúde, os animais ou o meio ambiente –, no fundo é porque viu, talvez pela primeira vez, o impacto profundamente negativo que a criação e o consumo de animais provocam. Essa pessoa entendeu a conexão entre produtos de origem animal e doenças cardíacas, diabetes, desmatamento, extinção de espécies, sofrimento animal e assim por diante, mas também descobriu uma solução simples que poderia mudar tudo para melhor: seguir uma dieta vegana! Não é de se admirar, portanto, que esse mesmo alguém fale bastante sobre o assunto! Afinal, as consequências são e serão sentidas por aqueles que não podem nem poderão se posicionar quanto a essas questões: os animais, que são condenados a sofrer involuntariamente, e as gerações futuras, que herdarão o dano que causamos no planeta agora.

Muitas vezes, os veganos defendem suas opiniões em resposta a uma pergunta ou a um assunto levantado por amigos, familiares, colegas de trabalho ou, ainda, a algum questionamento veiculado pelas mídias sociais. Ou seja, eles não estão impondo seus pontos de vista às outras pessoas. Na verdade, eles estão compartilhando informações que reuniram com base em dados científicos. Se parecem fanáticos religiosos, é porque, ao sentirem o impacto positivo quase imediato em seu bem-estar pela mudança na alimentação, querem que todos saibam o quão bem também poderiam se sentir se fizessem a mesma escolha. Quando se entende que ao optar por não comer animais se evita uma quantidade imensa de sofrimento, a vontade é que todos que se identificam como amantes dos animais também percebam essa conexão e assim possam ajudar a reduzir esse sofrimento. Quando há a compreensão de que seu próprio impacto ambiental caiu drasticamente por causa da mudança na dieta, é natural querer incentivar outras pessoas a contribuir para proteger nosso planeta da mesma maneira.

Os veganos não são francos por um senso de superioridade moral, mas porque querem um mundo mais amável, justo e compassivo para todos nós. Aqueles que os chamam de “fanáticos religiosos” podem, se refletirem sobre as informações por um momento, acabar percebendo que concordam com eles, afinal.

Participe agora de nossa campanha para experimentar o veganismo por 31 dias em janeiro com o nosso apoio. Você receberá, gratuitamente, acesso ao Guia de saúde e nutrição, às Receitas Veganas e ao Guia de veganismo para iniciantes.

Participe e experimente o veganismo em janeiro

Participe