Nós temos caninos

Você já viu os caninos de um tigre? Eles não se parecem em nada com os nossos! Isso porque os dele são usados ​​para perfurar, segurar e rasgar a carne, enquanto os nossos são úteis apenas para morder cenouras. Precisamos aceitar que alguém em algum momento tenha nomeado incorretamente nossos dentes. Eles certamente não indicam que precisamos obrigatoriamente comer carne.

E há outras pistas em nosso corpo também. Olhe para as garras que você possui. Elas são fortes e afiadas a ponto de poder rasgar um animal em segundos? Não? Na verdade, nossas mãos são móveis e hábeis, perfeitas para colher frutas, e nossas unhas servem apenas para proteger as extremidades delicadas de nossos dedos. Não temos garras próprias dos animais que precisam comer carne para viver.

Além disso, devemos considerar nosso intestino. Se pudéssemos retirá-lo, ele se estenderia por cerca de 6 metros de comprimento,1 razão pela qual leva até 40 horas para que os alimentos passem pelo cólon.2 O intestino de um verdadeiro carnívoro é mais curto que o nosso porque precisa digerir a carne e retirá-la do sistema antes que ela apodreça dentro dele. É exatamente por isso que a maioria das mortes por intoxicação alimentar nos Estados Unidos estão ligadas ao consumo de carne e laticínios).3

Além disso, não temos instinto de caça. O desejo de matar um animal com as próprias mãos não parece ser comum entre a maioria dos humanos. A maioria de nós não tem essa motivação. Simplesmente não é da nossa natureza.

Agora, obviamente, como outros primatas, podemos tolerar um pouco de carne em nossa dieta. De fato, fomos projetados, no máximo, para revirar as carcaças deixadas pelos verdadeiros carnívoros. Evidências científicas mostram que nosso corpo claramente agradece quando o abastecemos com vegetais. Os veganos sofrem menos de doenças cardíacas, obesidade, diabetes tipo 24 e ainda vivem mais.5

Participe agora de nossa campanha para experimentar o veganismo por 31 dias em janeiro com o nosso apoio. Você receberá, gratuitamente, acesso ao Guia de saúde e nutrição, às Receitas Veganas e ao Guia de veganismo para iniciantes.

Participe e experimente o veganismo em janeiro

Participe