E se eu estiver em uma ilha deserta?

Somos muito questionados sobre isso, apesar de esse ser um cenário bem improvável!

Se você estiver morrendo de fome em uma ilha deserta com animais selvagens vivendo nela, provavelmente seria muito mais seguro descobrir o que esses animais comem – raízes, pequenos frutos, tubérculos, frutas e folhas – e comê-los também. Animais selvagens são perigosos, o que tornaria a tarefa de matá-los bastante difícil, a menos que você esteja preso nessa ilha com uma arma, uma coleção de facas e saiba uma maneira de cozinhar a sua caça de modo que seja possível se livrar de todos os agentes infecciosos presentes na carne crua.

Entretanto, nós acreditamos que essa questão tenta, na realidade, testar os limites de convicção dos veganos. E, claro, isso varia de pessoa para pessoa. Mas ninguém julgaria alguém por fazer o possível para sobreviver. Quando aviões caem, as pessoas podem ter de sobreviver apenas comendo os corpos de seus colegas e amigos, mas isso nunca é a sua primeira escolha! Em circunstâncias extremas, pessoas fazem coisas extremas, e aceitamos que uma escolha tão incomum – e desagradável – seja feita apenas por necessidade.

No dia a dia, no entanto, quando existem alimentos à base de vegetais em abundância, podemos optar por ser compassivos, saudáveis ​​e ambientalmente responsáveis ​​com cada refeição que comemos. Não precisamos comer animais ou seus derivados.

Por isso, incentivamos você a tentar uma dieta plant-based. E se alguma vez estiver preso em uma ilha deserta, faça o que for preciso para sobreviver. Ninguém deveria julgar alguém nessas circunstâncias.

Participe agora de nossa campanha para experimentar o veganismo por 31 dias em janeiro com o nosso apoio. Você receberá, gratuitamente, acesso ao Guia de saúde e nutrição, às Receitas Veganas e ao Guia de veganismo para iniciantes.

Participe e experimente o veganismo em janeiro

Participe