Comer ovos de galinhas caseiras não tem problema

É verdade que comer ovos de galinhas caseiras é certamente melhor para os animais do que comer ovos de galinhas engaioladas. Mas para as aves terem uma vida boa é preciso espaço para perambular, empoleirar, rolar na terra e ciscar, bem como haver proteção contra predadores. Proporcionar bem-estar elevado para as galinhas não é fácil. E, é claro, elas precisarão de cuidados, mesmo depois que pararem de botar ovos. Nem todo mundo é capaz de fornecer essas condições adequadamente, já que cuidar dessas aves pode envolver despesas veterinárias caras. Portanto, criar galinhas em casa não significa uma fonte barata de ovos.

É preciso ter em mente que botar ovos todos os dias não é natural. As galinhas foram selecionadas geneticamente para fazer isso e, por esse motivo, há um custo real para o seu bem-estar. Cada casca de ovo consiste em cerca de 90-95% de carbonato de cálcio,1 o que significa que é necessário muito cálcio: ele é retirado diretamente dos ossos das aves. Isso aumenta o risco de fraturas ou osteoporose. Para devolver alguns desses nutrientes perdidos às aves o mais recomendado seria deixá-las consumir seus próprios ovos, que é, aliás, o que ocorreria na natureza.

Além disso, se essa galinha foi comprada, ela certamente veio da indústria que mata todos os pintinhos machos em seu primeiro dia de vida, por serem considerados inúteis para a produção. Ou seja, essa compra alimenta a perpetuação de uma indústria que traz muito sofrimento e morte para os animais.

Obviamente, encorajamos as pessoas a darem lar às galinhas resgatadas da indústria de ovos, assim como encorajamos a resgatar outros animais necessitados. Mas não deveríamos fazer isso sem querer algo em troca? Quando resgatamos um animal, fazemos por amor, não pelo uso que podemos fazer dele.

Quanto ao que fazer com os ovos, se sobrar algum depois que as galinhas comerem: é possível dar a animais de estimação ou doar a vizinhos a fim de que reduzam o número de ovos comprados de aves encarceradas pela indústria. Assim ajudamos a reduzir o sofrimento dos animais que ainda estão na indústria.

Participe agora de nossa campanha para experimentar o veganismo por 31 dias em janeiro com o nosso apoio. Você receberá, gratuitamente, acesso ao Guia de saúde e nutrição, às Receitas Veganas e ao Guia de veganismo para iniciantes.

Participe e experimente o veganismo em janeiro

Participe