Por que os católicos devem experimentar o veganismo nesta Quaresma?

Por Vegan Evan*

Acho que os católicos devem experimentar o veganismo nesta Quaresma porque a maioria é simpática, amorosa e carinhosa. Não percebem o que acontece para conseguirem a carne que comem. No livro de Gênesis, da Bíblia, Deus diz que nos dá plantas com sementes e árvores com frutos para nos alimentarmos. Hoje, a maioria das pessoas não conhece a forma terrível como os animais são tratados nos matadouros e nas explorações industriais. Acho que se soubessem, se tornariam veganas.

A Quaresma é um período de reflexão e de esperança e acho que nela devemos honrar todas as criaturas de Deus. Deveríamos cuidar delas e protegê-las para que não sejam maltratadas. A pecuária não só maltrata as criaturas Dele, como também destrói este belo planeta que Ele criou para nós. Estamos poluindo os rios e os lagos com tantos resíduos animais e químicos agrícolas! Acho terrível que Ele tenha nos dado essas belas Criações e nós estejamos destruindo-as.

Além disso, eu tenho certeza que Deus gostaria que fôssemos todos saudáveis e está provado que toda essa carne que nós comemos contribui para muitas doenças sérias. Estamos matando as criaturas de Deus, destruindo nosso planeta e prejudicando nossa saúde!

Eu acho que a pecuária industrial deixaria Jesus muito, muito triste e desapontado com a gente. Se as pessoas pesquisassem um pouco e percebessem exatamente como é a vida dos animais nessas fazendas industriais, ficariam chocadas e horrorizadas. Os dóceis e gentis porcos estão em jaulas tão pequenas onde nem conseguem se mexer. Os inteligentes perus e galinhas estão presos em pavilhões tão lotados que lutam e bicam-se uns aos outros para chegarem à comida, e isso faz com que a indústria corte os seus bicos sem nem ao menos uma anestesia. A maioria nunca chega a ver a luz do dia.

As vacas são exploradas e os seus bebês são roubados logo após o nascimento para que possamos beber o leite delas. Elas choram e gritam durante horas quando isso acontece. Depois de terem filhotes quatro ou cinco vezes, são consideradas inúteis e, portanto, enviadas para o abate. Essa é a única vida que elas têm. É tão triste!

E não importa se vivem em uma fazenda industrial ou em uma fazenda comum, todos esses animais são enviados para o matadouro e, no final, mortos violentamente. Como nós, nenhum animal quer morrer ou ser tirado da sua família e amigos. Eles só querem ser livres, viver as suas vidas e ser tratados com dignidade.

É por isso que sou vegano e que defendo os animais todos os dias. Também é por isso que outros católicos, assim como eu, deveriam experimentar o veganismo nesta Quaresma.

Baixe gratuitamente o seu Guia de Veganismo para Iniciantes e junte-se a mim para fazer do mundo um lugar melhor e mais feliz para todos os animais – humanos e não humanos.

Assine a petição

*Vegan Evan é um ativista de 8 anos que considera sua missão ajudar a tornar o mundo ao nosso redor um lugar melhor e mais feliz para todos os animais – humanos e não humanos. Com a ajuda de sua mãe e de sua avó, distribui panfletos, faz marchas, protestos, bloqueios, vigílias, Cubos da Verdade e outras tantas formas de ativismo, que acabaram lhe garantindo alguma notoriedade. Também visita santuários e faz vídeos e transmissões ao vivo para que as pessoas possam conhecer os animais e os vejam como os seres únicos que são. Eva faz issso para que todos possam ver que os animais que chamam de “comida” são iguais aos nossos gatos e cães. Tenta praticar a maior quantidade possível de formas de ativismo, porque sabe que as pessoas são sensibilizadas de diferentes formas. Também faz vídeos, canta rap e anda pelos Estados Unidos falando sobre direitos dos animais e em como viver um estilo de vida vegano. É co-presidente e porta-voz da Animal Hero Kids.

 

 

 

Experimente o veganismo

BAIXE NOSSO GUIA